Existe uma diferença entre ser pai vs. Pai?

A maioria das pessoas já ouviu a citação freqüentemente usada: 'Qualquer homem pode ser pai, mas é preciso alguém especial para ser pai'. Esta citação em particular, junto com várias outras citações, declarações e piadas, nos diz que muitas pessoas sentem que existe uma forte diferença entre umpaie umPapai. Parece que para a maioria das pessoas, a palavrapaitem uma conotação negativa enquanto a palavraPapaié caloroso e amoroso.

Quais são as verdadeiras diferenças entre um pai e um pai? Compreender as diferenças pode não apenas encorajá-lo a se inclinar mais para um lado do que para o outro, mas pode ajudar a abrir seus olhos para os homens com os quais você se associa. Saber a diferença é a chave para ser o pai que você realmente deseja ser.



Qualidades de um pai

Fonte: pexels.com



Se um grande pai o criou, você provavelmente conhece algumas de suas melhores qualidades e tenta imitá-las. Os pais são ótimos caras que têm suas prioridades bem definidas e entendem o que é mais importante na vida. Eles amam seus filhos não importa o que aconteça e ensinam-lhes os caminhos do mundo.

Amar e não esconde a emoção



Os pais amam abertamente os filhos e não têm problema em compartilhá-los com o mundo. Eles costumam ficar emocionados em momentos emocionantes com seus filhos. Um bom pai abraça seus filhos e não se sente fraco por fazer isso em público. Ele mostrará amor de muitas formas: gestos, atenção e afeto verbal.



Ser pai é um papel que não é atribuído por acaso. Ele pode ter sido um cara durão antes dos filhos, mas viver com os filhos desenvolveu nele um ponto fraco que o tornou melhor do que a pessoa que era antes. Ele trabalha para garantir que seus filhos saibam que são amados.

Brincalhão

Um pai é um homem que brinca com seus filhos. Ele não perde a chance de arrancar uma risada de seus filhos. Seja em uma festa do chá ou jogando bola com seu filho, ele desenvolve um relacionamento que seus filhos valorizam quase tanto quanto ele. Laços são formados durante o riso e momentos felizes que as crianças não esquecerão.

Ser um pai brincalhão não é apenas divertido tanto para o pai quanto para os filhos, mas torna a criação dos filhos mais fácil! Ter alguns minutos de diversão tornará seu filho mais agradável e o distrairá do assunto em questão. Os pais descobrem isso!



Bom ouvinte

Fonte: rawpixel.com

O melhor dos pais escuta quando seus filhos falam. Não importa se eles têm dois anos de idade e balbuciam sobre nada ou 17 e estão lidando com seu primeiro desgosto; um pai vai ouvir cada palavra. Eles o fazem ativamente e fazem com que seu filho sinta que não há nada mais importante do que o que ela tem a dizer.

Bons pais costumam receber ótimos conselhos. Para muitos homens, eles têm conselhos porque conhecem bem seus filhos. Depois de ouvi-los e estar totalmente presentes em suas vidas, os pais terão uma melhor compreensão da personalidade e dos pontos fortes de seus filhos.

Protetora

Os pais costumam ser vistos como o cara protetor e assustador que tenta aterrorizar qualquer pessoa que possa machucar seus filhos. Outras vezes, são protetores no sentido de que beijam vaias e dão pequenas mãos quando seus filhos estão com medo. Um pai protetor é aquele que faz seus filhos se sentirem seguros. Eles sabem que seu pai não deixará ninguém prejudicá-los.

Um pai protetor também é aquele que garante que seus filhos estejam preparados para qualquer situação. Isso pode significar ensinar autodefesa aos filhos, como trocar um pneu ou cortar a grama. Os pais querem que seus filhos estejam preparados para a vida - para muitos, isso é uma proteção. Na realidade, os pais garantem que seus filhos não tenham que depender de outras pessoas para fazer as tarefas diárias.

Respeita a mãe de seus filhos

Fonte: rawpixel.com

Não importa a relação entre a mãe e o pai, ele sempre a trata com respeito. Eles podem estar tendo problemas em seu relacionamento, mas ele nunca a maltrata. Embora o aconselhamento de relacionamento possa ajudar imensamente, mesmo os momentos difíceis exigem gentileza. Demonstrar a seus filhos como tratar os outros é um exemplo pelo qual os pais são parcialmente responsáveis.

Os pais ensinam aos filhos como um parceiro deve ser tratado. Eles ensinam às filhas como devem ser tratadas. Essa é uma das coisas mais importantes que um pai pode fazer pela família.

Qualidades de um pai

Para algumas pessoas, pai é simplesmente outra palavra para pai. Nas explicações modernas, porém, os pais são os homens que desempenharam um papel na criação dos filhos. Tem uma conotação negativa que os pais gostam de evitar. Para ser pai, as seguintes qualidades não devem ser algo que um homem aspira fazer.

É convidado a estar presente

Nunca se deve pedir a um homem que esteja presente na vida de seus filhos. Jogos escolares, jogos de futebol e trabalhos de casa difíceis devem incluir a presença de ambos os pais. Embora seja compreensível que ele não possa estar em todos os eventos, isso deve ser uma prioridade.

Um pai no sentido moderno é aquele que não consegue ver a importância de sua presença na vida de seu filho. Ele pode não perceber como é importante para ele estar nas arquibancadas de um evento esportivo ou fazer um esforço para passar o tempo com seus filhos. Ele deve ser instruído a fazer essas coisas.

Tem prioridades sobre sua família

Um pai moderno é um indivíduo que possui outras atividades, pessoas ou coisas que têm precedência sobre sua família. Pode ser seu time de esportes favorito, uma nova mulher em sua vida ou até mesmo seu Xbox. Outras prioridades incluem o alcoolismo ou o hábito de drogas. Pai é o cara que não coloca suas prioridades em ordem quando tem filhos.

Se um homem está perdendo eventos importantes na vida de seus filhos por causa de outra coisa que considera mais importante, ele é pai e não pai. Se ele está perdendo eventos diários que não são tão importantes, ele ainda deve reavaliar suas prioridades. Ser pai exige estar envolvido com o cotidiano tanto quanto com as coisas grandes.

Egoísta

Quando um pai tem um filho, suas ambições egoístas são colocadas em segundo plano. Quando um pai tem um filho, nada muda. Seu dinheiro é seu, seu tempo pertence a ele mesmo e seus interesses permanecem os mesmos. Não há desejo de que nada mude, então nenhum esforço é feito para educar seus filhos.

Os seres humanos são criaturas egoístas. No entanto, quando os filhos entram em cena, os pais se tornam menos egoístas do que antes. Devem gastar seu dinheiro suado com as necessidades de seus filhos, desistir de seu tempo livre para cuidar deles e até mesmo desistir de alguns hobbies e interesses. Um pai faz isso. Um pai não.

Perde eventos importantes

Graduações, batizados, jogos do campeonato são tratados como apenas mais um dia da semana para os pais. Eles não conseguem ver a importância do evento - ou talvez não percebam a importância de seus filhos. Pai é um cara que não tem interesse em comparecer a esses eventos, então ele não tem.

Um pai está sempre presente. Embora um pai possa aprender com um pai em todos os aspectos da paternidade, este é um bom ponto de partida. Os pais devem tentar estar presentes nos grandes momentos para dar um passo em direção a ser pai.

Muito ocupado para a família

Fonte: pexels.com

Um pai pode prover financeiramente sua família trabalhando sem parar, mas um pai é alguém que concede seu tempo tanto quanto seu salário. Quando o trabalho afasta o pai de sua família com muita frequência e ele não faz nenhuma tentativa de diminuir sua carga de trabalho, ele fica muito ocupado para ficar com sua família.

Um homem que não dedica tempo para se relacionar com seus filhos é um homem que tem filhos estranhos. Ele conhece seus filhos tanto quanto eles o conhecem - o que não é verdade. É uma maneira triste de uma criança crescer e uma desculpa triste para escapar da paternidade.

Como cada estilo parental afeta seus filhos

Você era uma criança com um pai ou um pai? Se você teve um pai, tente se lembrar da decepção que sentiu. Essa decepção provavelmente foi sumindo até que você se acostumou com o fato de que não tinha pai. Ou, em muitos casos, os filhos com um pai ausente sofrem depressão, sofrem abusos ou ficam viciados em drogas. Se você tivesse um pai, poderia ter memórias maravilhosas e um relacionamento contínuo até hoje.

O tipo de pai que você teve quando criança afeta o tipo de pai que você é hoje? Coloque, sim. Muitos homens acham que querem ser melhores do que o pai que tiveram, então eles se esforçam muito para ser pais. Outros tiveram pais maravilhosos e trabalharam duro para serem igualmente bons. Infelizmente, alguns homens acham difícil imitar o estilo parental de um pai que nunca tiveram.

É possível aprender a ser pai quando você não tinha exemplo. Simplesmente fazendo um esforço para estar ao lado de seus filhos e tornando isso uma prioridade, você pode ser um pai. Todas as outras coisas virão.